obrigado!
entraremos em contacto consigo brevemente
Testing Personas para testar um software de forma mais eficiente

Um dos grandes desafios no desenvolvimento de software é o processo de testes. Para garantir que o produto entregue ao cliente é de qualidade e não tem erros, é necessário passar por uma bateria de testes que pode ser monótona e repetitiva, mas essencial.

Testar a mesma aplicação em vários sistemas operativos, browsers e diferentes resoluções é só metade do trabalho. Para além disso, é necessário voltar a dedicar muitas horas a testes sempre que for lançada uma nova release. Uma release pode ser o lançamento de um software ou o lançamento de versões atualizadas da anterior de forma a melhorar o software ou corrigir erros.

Uma técnica que se revela muito eficiente no processo de testes de software é a definição de testing personas.  As Personas são perfis de utilizadores fictícios criados para representar os diferentes tipos de utilizador que podem vir a utilizar o produto.

Ou seja, no fundo, os responsáveis pelos testes colocam-se no papel do utilizador final (ou dos vários utilizadores) e usa o software como ele o usaria, de forma a encontrar bugs, erros de navegabilidade, etc.

A melhor forma de definir Personas para realização de testes é conhecer as necessidades dos utilizadores do produto e de que forma irão usar o software, recorrendo a user stories. As user stories ou histórias de utilizador são descrições simples e curtas de um recurso da perspetiva da pessoa que o vai utilizar, normalmente o utilizador final.

As personas devem ser encaradas como uma extensão do planeamento dos produtos e, idealmente, devem ser definidas antes da conclusão dos requisitos de software. Assim, as necessidades das diferentes personas podem ser utilizadas na definição dos requisitos do software. Outra excelente estratégia é conversar com os clientes e identificar os problemas que têm e desejam ver resolvidos com este software.

Pode parecer irrelevante, mas é importante dar nomes às personas, assim como explanar os papéis que elas têm numa empresa real.

Perguntas que devem ser colocadas ao definir personas de teste:

  • Em que ambiente trabalha (escritório, cubículo, na rua)?

  • Qual o horário de trabalho?

  • Que cargo ocupa na empresa?

  • Que responsabilidades tem?

  • Quais são os seus hobbies, atividades diárias?

  • Que pontos problemáticos tem no seu trabalho?

  • Outros fatores que afetem a forma como trabalha

As várias personas devem ser utilizadas para testar cada uma das funcionalidades do software e os bugs identificados, quando reportados, devem vir acompanhados das dificuldades que as diferentes personas sentem devido a esse defeito.

Alguns exemplos de Testing Personas genéricos e que se adaptam a quase todo o software:

Mário

Perfil: 35 anos. Impaciente, muitas vezes não se concentra na sua tarefa, completando as atividades muito rapidamente.

Profissão: Médico

Fatores que afetam a forma como trabalha/ pontos problemáticos:

  • Necessita que a aplicação torne o seu trabalho mais rápido e eficiente

  • Utiliza teclas de atalho

  • Preenche o número mínimo de campos para obter um resultado

  • Exige respostas rápidas e não gosta que a aplicação demore muito tempo a responder

  • Tem de interromper frequentemente as tarefas para ir a consultas.

Pedro

Perfil: 26 anos. Gosta de investigar novas funcionalidades e áreas da aplicação que estão fora do seu espetro de atuação essencial para a realização das suas tarefas. É dos primeiros a adotar os novos processos .

Profissão: Programador

Fatores que afetam a forma como trabalha/ pontos problemáticos:

  • Investiga novas funcionalidades assim que estiverem disponíveis

  • Explora todos os caminhos possíveis de um fluxo de trabalho para determinar o que prefere

  • Acede a áreas menos populares da aplicação

  • Acede à aplicação de um navegador, sistema operacional ou dispositivo incomum

Clara

Perfil: 40 anos. Gosta de rotina, utilizando sempre os mesmos fluxos de trabalho sempre que interage com a aplicação, tendo cuidado para garantir que as informações fornecidas estão completas.

Profissão: Contabilista

Fatores que afetam a forma como trabalha/ pontos problemáticos:

  • Utiliza as funcionalidades centrais da aplicação

  • Completa todos os campos possíveis ao inserir informações

  • É detalhada quando lhe é solicitado que coloque observações adicionais

  • É paciente com longos tempos de resposta

Estes são apenas alguns exemplos de personas genéricas que pode utilizar para testar determinada aplicação ou software, podendo as necessidades variar de acordo com a função do produto, tipo de empresa, dinâmicas de trabalho, permissões da persona, entre outros.

Ao testar, o programador deve personificar cada uma destas pessoas e as características da sua personalidade para garantir que os bugs identificados são corrigidos e que o software é entregue ao cliente nas mais perfeitas condições.

+351 226 092 388
Phone
+351 226 092 388
Whatsapp
Chat