obrigado!
entraremos em contacto consigo brevemente
Google Analytics: o que foi alterado na plataforma pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados

O novo Regulamento Geral da Protecção de Dados entra em vigor a 25 de maio. Todas as empresas ou entidades que tratem dados pessoais terão de adotar novas medidas de forma a proteger as informações dos cidadãos.

A partir desta data, qualquer consumidor vai poder exigir a uma empresa que deixe de ter acesso aos seus dados pessoais e terá direito a que os seus dados sejam transferidos para os novos prestadores desses serviços. Empresas que criem produtos tecnológicos devem garantir a privacidade dos dados dos utilizadores.

A Google, gigante da tecnologia, não é exceção. Recentemente foi anunciado que o Google Analytics sofreu alterações devido ao novo Regulamento estabelecido pela União Europeia. Saiba como o acesso aos dados dos utilizadores vai ser alterado neste artigo.

Num email enviado aos utilizadores do Google Analytics, o gigante tecnológico anunciava mudanças ao nível:

Dos Produtos

A grande alteração ao nível dos produtos do Analytics são os controlos de retenção de dados granulares, que lhe permite gerir durante quanto tempo os dados do utilizador são armazenados nos servidores da Google antes de serem automaticamente eliminados.

Ao implementar estes controlos, poderá definir períodos de retenção ao nível do utilizador e de evento, entrando em vigor a 25 de maio, quando o novo Regulamento de Proteção de dados entra em funcionamento. O período de retenção aplica-se a dados associados a cookies, IDs de utilizadores, entre outros.

É necessário que os clientes do Google Analytics revejam as suas configurações de retenção para evitar a perda acidental de dados. A segunda alteração ao Google Analytics anunciada é a ferramenta de exclusão de usuários, que vem na sequência do novo direito imposto pelo GDPR que prevê que os utilizadores possam requerer o apagamento dos seus dados de uma base de dados.

A ferramenta permitirá que exclua todos os dados associados a qualquer utilizador final individual do Google Analytics  e/ou do Google Analytics 360. A ferramenta está disponível antes de 25 de maio. Foram também feitas algumas alterações contratuais, com a Google a definir-se como “processador de dados”. Os termos atualizados já deverão estar disponíveis na sua conta, em Definições de Conta. 

Por último, existem algumas mudanças ao nível das políticas de consentimento do utilizador. As novas alterações definem a responsabilidade de informar e obter um consentimento válido dos utilizadores. A Google exige que os clientes do Google Analytics aceitem os termos atualizados.

Todas estas alterações visam proteger os utilizadores e os seus dados, conferindo mais confiança e transparência ao processo de partilha de informações a grandes e pequenas organizações.

+351 226 092 388
Phone
+351 226 092 388
Whatsapp
Chat