terça, 13 novembro 2018
| comunicacao |
66 Visualizações

Como aumentar a segurança da sua aplicação móvel

Nos últimos anos, as aplicações móveis tornaram-se uma parte fulcral das nossas vidas. Existem aplicações para nos ajudar em praticamente todos os aspetos do nosso dia-a-dia: compras, serviços, saúde, gestão de finanças pessoas, restauração, etc.

Para o utilizador comum, as vantagens da utilização de aplicações móveis são claras. Porém, também as empresas apostam cada vez mais no desenvolvimento de aplicações que completem a sua presença digital e facilitem a relação com os clientes. 

 

No entanto, o crescimento na utilização de aplicações, tal como acontece com outras tecnologias, causa também um aumento das preocupações relativas à segurança das aplicações móveis. Escândalos recentes que envolvem o acesso a dados pessoais de utilizadores da internet vieram reforçar a necessidade de todas as empresas terem aplicações seguras e em que os consumidores podem confiar.

 

Acesso a dados pessoais

 

O acesso indevido de terceiros a dados pessoais de clientes de uma empresa é uma das falhas de segurança mais comuns em aplicações móveis. Quanto mais inseguros forem os servidores onde estão armazenados os dados, maior a facilidade de hackers terem acesso aos mesmos, violando a segurança da aplicação móvel. Falhas ou bugs no desenvolvimento da aplicação podem também ser causas para hackeamentos.

 

Um exemplo deste tipo de falhas de segurança passou-se com a UBER em 2016, quando as informações pessoais de quase 57 milhões de utilizadores e 600.000 condutores foram vítimas de ataque cibernético. Os hackers roubaram dados pessoais, incluindo nomes, endereços de e-mail e números de telefone nos EUA. A empresa declarou que informações mais confidenciais, como dados de localização, números de cartão de crédito, números de contas bancárias e datas de nascimento não foram comprometidas.

 

Apesar de os avanços tecnológicos permitirem o desenvolvimento de aplicações mais estáveis e protegidas, existem algumas estratégias para tornar a sua aplicação móvel mais segura.

 

Envolver uma equipa de segurança profissional

 

Recorrer a uma equipa de profissionais de programação com experiência em segurança é essencial. Não apenas após, mas durante o processo de desenvolvimento da aplicação móvel. Trabalhar com uma equipa preocupada com segurança é o primeiro passo para proteger os seus clientes.  Eles estão preparados para cumprir os padrões e diretrizes de segurança ao desenvolver a aplicação. Proteger o código da sua aplicação é provavelmente o aspeto mais importante a ter em conta. Código com falhas e vulnerabilidades fica comprometido em caso de ataque de malware, podendo ser hackeado.

 

 

Encriptação de dados

 

A Encriptação de dados é geralmente usada para converter informação em códigos encriptados. Assim, mesmo que a sua aplicação seja alvo de um ataque cibernético e tenham acesso aos dados dos seus clientes, eles estarão encriptados e a probabilidade de serem descodificados é menor. Havendo essa vontade, uma boa equipa deve utilizar a encriptação de dados como parte de sua estratégia de proteção essencial, ajudando-o a integrar a tecnologia facilmente nos seus processos de backup e recuperação.

 

A Encriptação de dados é particularmente relevante para as aplicações que trocam dados regularmente com os clientes. Por exemplo, uma app que tenha acesso à sua localização pode ser hackeada para determinar a sua localização ou estudar os seus hábitos diários. Nestes casos, ter a informação encriptada é de extrema importância.

 

 

Autenticação Segura

 

Autenticação consiste no ato de fazer login numa conta com uma palavra-chave. Incentivar os utilizadores a definir uma palavra-chave forte é importante. Programar a aplicação para que aceite apenas senhas alfanuméricas é uma opção. Outro dos métodos que poderão aumentar a segurança da sua aplicação é a autenticação dupla, ou Autenticação em duas Etapas. Nesta modalidade, sempre que um utilizador fizer login na aplicação é enviado um código por email ou sms que é necessário para completar o login.

 

Outras formas de autenticação como impressão digital, reconhecimento de rosto e de retina são outras das formas mais seguras de autenticação.

 

Lembre-se: a segurança da sua aplicação móvel é a segurança dos seus clientes. Deve encarar esta questão com muita seriedade e apostar fortemente na segurança da sua aplicação móvel.

Partilhar este artigo