obrigado!
entraremos em contacto consigo brevemente
Erros de identidade que podem estar a prejudicar a imagem da sua Marca

Se tem uma empresa, com certeza já ouviu falar da importância de ter uma identidade enquanto marca.

A identidade é de difícil definição, mas pode ser caracterizada como um elemento que permite diferenciar a marca através da criação de uma personalidade e valores próprios.

Construir uma identidade é um processo desafiante e por vezes demorado. Muitas empresas têm dificuldade em estabelecer a sua identidade ou cometem erros no processo. Assim, hoje reunimos os erros de branding, ou construção de identidade, mais comuns e que o podem estar a prejudicar.

Um exemplo famoso de um falhanço foi a tentativa da Colgate de se introduzir no mercado dos produtos comestíveis congelados. Em 1982, a marca de produtos dentários lançou uma linha de entradas congeladas chamada “Colgate Kitchen Entrees”. O resultado foi desastroso e não é difícil de adivinhar a razão: a Colgate estava completamente estabelecida enquanto marca de pastas de dentes, e não havia como mudar a imagem do público, convencendo-os a comprar um produto comestível.

As entradas congeladas da Colgate poderiam sido absolutamente deliciosas, mas a identidade da marca era completamente desadequada para aquele mercado. Neste caso, o problema foi o afastamento daquilo que tornou a Colgate uma marca de confiança e bem sucedida aos olhos dos consumidores. O mercado em que se tentou lançar era praticamente incompatível com o que caracterizava a Colgate, dos produtos relacionados com a higiene dentária.

Outro erro comum das marcas é a inconsistência nas diferentes plataformas e meios em que estão presentes. Uma identidade consistente transmite ao público uma imagem de confiança e conforto. Por outro lado, uma empresa que se apresenta de forma inconsistente transmite uma ideia pouco profissional.

A consistência de que falamos começa pelos recursos visuais, desde o site, às contas nas redes sociais, elementos gráficos utilizados, entre outros. Algumas empresas optam por ter um guia de estilo que inclui um conjunto de regras simples relacionados com as fontes, cores e outros recursos visuais que a empresa deve utilizar.

Ainda nos erros relacionados com a identidade visual está a tentativa das marcas seguirem tendências de design. Utilizar elementos novos e originais é uma ótima forma de apresentar a sua empresa como uma marca atual e atenta às tendências, mas existe uma grande diferença entre modernizar uma marca e perder a sua identidade na procura de uma nova.

A sua marca vai passar por várias tendências de design ao longo da sua história e não é por não embarcar em todas que vai parecer datada. Mantenha-se fiel à sua identidade.

Por último, sublinhamos o erro de associar a sua marca a outras marcas ou produtos desadequados. No que diz respeito à identidade, ser seletivo é muito importante. Veja-se o exemplo da Disney, que em 2009 contratualizou um acordo entre a marca Hannah Montana (uma série de filmes direcionados para crianças e jovens adolescentes) e uma empresa de cerejas, lançando as cerejas Hannah Montana. Não existindo qualquer relação entre os filmes da Disney e cerejas, os fãs ficaram confusos, procurando a lógica de tal afiliação. O produto falhou, obviamente.

Criar uma identidade sólida é um processo gradual e que exige dedicação, sendo normal, até para as grandes marcas, cometer lapsos. Os erros aqui enumerados são alguns dos mais comuns. Procure evitá-los e construa uma personalidade própria para a sua empresa. 

+351 226 092 388
Phone
+351 226 092 388
Whatsapp
Chat